Diretor de Imprensa e Comunicação do SINTRACOM-BA

CarlosForumat foto João Ubaldo (102)
Carlos Silva – Diretor de Comunicação e Imprensa do SINTRACOM-BA

Carlos Silva de Jesus, nascido em Salvador, 38 anos de idade, é casado e tem um filho. Trabalha na empresa J.F. Steel na função de eletricista de rede e distribuição. Carlos vem do setor de serviços, representa uma parte da categoria que vem crescendo no mercado de trabalho e na construção, são as prestadoras de serviços das empresas concessionárias de energia elétrica. Inicia o trabalho como ativista e torna-se uma liderança na empresa, participando de greves, assembleias e reuniões de negociação. Participa da direção do sindicato desde 2011, inicialmente foi suplente da diretoria e atualmente é o Diretor de Comunicação e Imprensa do SINTRACOM-BA para o mandato de 2015 a 2019. Assume também o cargo de Diretor Sindical do DIEESE, é Suplente no Conselho Municipal de Emprego e Renda, membro da Comissão do Jurídico, Comissão Cultura, Esporte e Lazer e da Comissão de Mulheres.

Ele explica que dentre as suas atribuições como diretor de imprensa, realiza contatos com órgãos de comunicação junto com a jornalista do sindicato, coordena o setor de propaganda e marketing, acompanha a arte publicitária e a gráfica do sindicato. Ele diz: “a Diretoria de Comunicação e Imprensa realiza um trabalho de informação sobre os acontecimentos do dia a dia dos trabalhadores da construção. É responsável pela elaboração e confecção do jornal do SINTRACOM-BA, que é o principal instrumento de comunicação da entidade desde 1990 e já se tornou uma tradição na categoria”.

Carlos Silva fala com convicção: “gosto muito de ser diretor do sindicato, sinto uma enorme satisfação pelo trabalho que venho realizando nesses anos. Acho gratificante ajudar as pessoas a entenderem um pouco mais do processo de opressão que estão submetidos pela exploração do capitalismo e ainda por ajudar contribuir com as lutas por melhores salários, por segurança do trabalho e por melhores condições de vida para os trabalhadores“.

 

Por: F.Barreto


Avalie esta noticia:

1 votos, 4 avg. rating

Compartilhe:

Fatima Barreto